sexta-feira, 8 de maio de 2009

Punção Venosa Periférica - Scalp


MATERIAL:

- Um par de luvas de procedimento;

- Uma seringa de 10 mL com ABD;

- Um garrote;

- Bolas de algodão embebidas em solução anti-séptica ( PVPI alcoólico ou álcool à 70%);

- Fita adesiva ( esparadrapo, micropore ou curativo transparente);

- Uma bandeja ou uma cuba rim;

- Cateter periférico tipo Scalp números 19, 21, 23, 25 e 27;

Observação: Escolher um número de Scalp adequado para o calibre da veia.


PROCEDIMENTO:

1. Lavar as mãos;

2. Desinfetar o garrote com álcool à 70%;

3. Reunir o material e levar para a unidade do paciente;

4. Explicar o procedimento ao paciente e solicitar a sua colaboração;

5. Calçar as luvas de procedimento;

6. Conectar a seringa com ABD ao Scalp e preencher o circuito;

7. Escolher o local de inserção do Scalp, priorizando inicialmente os membros superiores e os locais mais distais do braço, o que permitirá punções sucessivas acima do local escolhido. É importante também livrar as articulações;

8. Garrotear o membro superior escolhido sempre de 15 a 20 cm acima do local de inserção do Scalp;

9. Apalpar a veia com o dedo indicador. Em caso de dificuldade, solicitar ao paciente que coloque o braço em posição pendente e que abra e feche a mão algumas vezes, procedimento que visa aumentar o enchimento capilar.

10. Realizar a anti-sepsia do local escolhido, usando PVPI alcoólico ou álcool a 70%, partindo da porção distal do braço ou de baixo para cima, sempre no mesmo sentido;

11. Aguardar a ação do anti-séptico antes de realizar a punção;

12. Fixar a veia com o polegar livre, na porção distal ao ponto de inserção do Scalp;

13. Colocar o bisel da agulha voltado para cima e segurar de forma a unir as abas do suporte;

14. Introduzir a agulha em um ângulo de 45 graus, após penetrar a pele, diminuir o ângulo e progredir em direção à veia diminuindo a angulação até que a agulha fique paralela à pele. Introduzir completamente a agulha e observar a presença de retorno venoso.

15. Utilizar uma das mãos para fixar a posição do Scalp enquanto a outra testa o refluxo de sangue, ao puxar o êmbolo da seringa;

16. Soltar o garrote após ter certeza de que a agulha está na veia, observando o refluxo sangüíneo;

17. Fixar o Scalp com esparadrapo ou micropore, deixando livre o local de conexão para um equipo ou adaptador;

18. Anotar no próprio esparadrapo fixado: data, número do Scalp e nome do profissional que realizou o procedimento;

19. Posicionar o paciente confortavelmente;

20. Deixar a unidade em ordem;

21. Registrar o procedimento no prontuário do paciente.


Tipos de Dispositivos Intravenosos






25 comentários:

  1. Adorei a explicação!
    parabéns!

    ResponderExcluir
  2. Adorei a explicaçaõ mas acho q deveria ter imagens demonstrando passo a passo obrigada

    ResponderExcluir
  3. Kamylla Christina14 de julho de 2010 10:32

    Adorei essa explicação, visualizei também os tipos de Dispositivos intravenosos e tirei muitas dúvidas além de enrriquecer meu conhecimento.
    Obrigada

    ResponderExcluir
  4. izabel disse... adorei o trabalho, minhas dúvidas acabaram, e o meu conhecimento aumentou, obrigada

    ResponderExcluir
  5. ilza disse.... adorei a explicação,foi de aproveito bom para ampliar ainda mais os meus conhecimentos. obrigada

    ResponderExcluir
  6. Ilza de Guarabira disse... Essa explicação foi ótima para ampliar os meus conhecimento de técnico de enfermagem. obrigada

    ResponderExcluir
  7. NOSSA GOSTEI MUITO DO ARTIGO,POIS AUMENTOU MIA O MEU CONHECIMENTO...ESSE SAIT DEVE PERMANEÇER PARA SEMPRE...OBRIGADA

    ResponderExcluir
  8. adorei esse comentario servirá para ajudar colegas que está começando a profissão.
    04/08/2010

    ResponderExcluir
  9. euda...
    nossa adorei essas informações!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  10. ótimo..não tem uma explicação pra jelco..

    ResponderExcluir
  11. 13. Colocar o ((bisel da agulha voltado para ((cima)) e segurar de forma a unir as abas do suporte;
    ---->De acordo com RDC agora é prioridade que o BIZEL seja lateralizado..< ----------

    ResponderExcluir
  12. gostei da explicação!!!

    ResponderExcluir
  13. muita completa a explicaçaõ

    ResponderExcluir
  14. adorei a explicação,ajudou em algumas duvidas que ainda existia em relação a esse assunto.

    ResponderExcluir
  15. Brunynha, qual RDC?????

    Alguém confirma essa informação???

    ResponderExcluir
  16. vlws mw salvasse de um trabalho tá...

    ResponderExcluir
  17. Adorei essa explicação
    MARAVILHOSA

    ResponderExcluir
  18. informacao e sempre bom.parabens pra quem postou ess site e obg.

    ResponderExcluir
  19. Adorei,esses procedimentos estão direitinhos como a professora explicou........

    ADOREIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIi

    ResponderExcluir
  20. muito boa a explicação é sempre bom rever os procedimentos pois já estava me esquecendo de limpar o garrote.bem lembrado.

    ResponderExcluir